Home » , , , » Sais de Banho, uma droga nova e assustadoramente mortal.

Sais de Banho, uma droga nova e assustadoramente mortal.

Ed | 6 de jun de 2012 | 16:34

Existe alguma droga que deixa a pessoa tão alucinada e violenta a ponto de sair agredindo e mordendo as pessoas nas rua? A polícia de Miami está às voltas com um chocante caso de um homem que comeu o rosto de outro antes de ser morto a tiros pela polícia.

O homem que cometeu este ataque, Rudy Eugene, 31 anos, estava completamente nu na hora em que ele comeu as orelhas, nariz, um globo ocular e parte do rosto da vítima, identificado como Ronald Poppo, um mendigo de 65 anos de idade, que permanece em estado crítico no Jackson Memorial Hospital, em Miami, perdeu quase 75% do rosto e aparentemente não conhecia seu agressor.

De acordo com fontes médicas, Eugene comeu as orelhas, nariz, um globo ocular e parte do rosto da vítima, identificado como Ronald Poppo, um mendigo de 65 anos que vivia perto da rampa da ponte onde o ataque ocorreu.

Com Rudy morto e Ronald lutando por sua vida, a polícia pode apenas especular sobre o que levou o primeiro a cometer o crime; fontes policiais e médicas consultadas pela mídia local afirmam que, pela natureza brutal de suas ações, o atacante poderia estar sob efeito de alguma droga.

Entre as substâncias suspeitas de serem a causa de tão brutal ataque estão a cocaína, o ecstasy e os chamados "sais de banho".

'Sais de banho'

São vendidos ilegalmente em pacotes semelhante ao de "sais de banho convencionais", cujos principais ingredientes são os sintéticos compostos MDPV (3,4-Methylenedioxypyrovalerone), mefedrona, pyrovalerone e methylone. Mas existem muitos outros ingredientes utilizados em adição a estes, ou em lugar dos mesmos. Por exemplo, muitos dos "sais de banho" apreendidos foram encontrados contendo níveis extremamente altos de cafeína.

MDPV e mefedrona, os sais de banho mais comuns, originou-se como versões sintéticas de um ingrediente natural encontrado em khat (Catha edulis), uma planta alucinógena, encontrada no leste da África. Catinona, o ingrediente ativo do khat, é uma substância controlada pela FDA (Órgão responsável pelo controle de drogas e medicamentos nos EUA), ou seja, ilegal. No entanto, MDPV e mefedrona eram legais até o outono de 2011, quando a FDA baniu-os, mas os químicos clandestinos contornam a lei, alterando ligeiramente os compostos químicos para chegar a novas versões que são tecnicamente legal.

"Nos últimos anos temos visto um grande aumento no consumo dos chamados sais de banho. Dois anos atrás foram relatados 300 casos. Este ano já são cerca de 6.000", diz o médico Paul Adams, do Jackson Memorial Hospital, em Miami.

"Seu uso provoca paranoia extrema, agitação, alucinações e força incomum", diz Paul. Segundo o médico, "é muito difícil controlar alguém que tenha tomado estas substâncias."

"Eles ficam tão agitados e paranoicos, e apresentam um comportamento tão psicótico, que é impossível se comunicar com eles", diz ele.

"Por exemplo, podem ser necessárias de seis a sete pessoas para controlar um homem de vinte e poucos anos e 70 quilos que tenha consumido essas substâncias, que faz com que se perca a percepção de dor."

No ano passado, os Agência de Repressão às Drogas (DEA, por sua sigla em inglês) proibiu a venda de vários produtos químicos usados para fazer "sais de banho".

O problema é que a composição do fármaco varia amplamente, dependendo de quem produza. De acordo com Patricia Junquera, professora assistente de psiquiatria na Universidade de Miami, drogas como a cocaína e os "sais de banho" podem causar surtos de esquizofrenia, especialmente se o usuário tem uma doença mental.

"Eles são capazes de atacar as suas próprias famílias. E também golpear a cabeça contra a parede e fazer automutilação, com cortes nos braços e pernas, porque alteram o limiar da dor", disse Patricia.

De onde vêm

Atualmente, os produtos químicos que chamamos de "sais de banho" são mais frequentemente fabricados e importados da China e da Europa, mas as autoridades de drogas dizem que é apenas uma questão de tempo para que os manipuladores de drogas iniciem a sua produção clandestina. A história dos sais de banho é ao mesmo tempo fascinante e assustadora. A droga foi formulada pela primeira vez na França em 1920, mas desapareceu até que foi redescoberta da obscuridade da academia por um químico clandestino. Ele publicou a receita em um site conhecido como chamado o Hive, que foi fechado em 2004, especializado em compartilhar informações sobre substâncias ilegais. Mas o estrago já estava feito e em pouco tempo a droga se tornou extremamente popular em toda a Europa.

Interessante notar que os sais de banho foram vendidos legalmente em Israel a partir de 2004, sob o nome hagigat. Depois que foi declarada ilegal, a catinona foi modificada e outra empresa israelense, a Neorganics, passou a vender a droga em comprimidos e líquidos sob vários nomes, incluindo Neodoves, até que o governo israelense declarou a mefedrona como substância ilegal em 2008.

No Reino Unido, várias drogas da categoria dos sais de banho tornaram-se um problema sério, são vendidos como inocentes balas em festivais de música e podem ser facilmente adquiridas em lojas de bijuterias e acessórios e na propria rua mesmo. Eles agora estão listados logo após a maconha, ecstasy e cocaína como a quarta droga de rua mais popular.

Os sais de banho são baratos, aparencia inocente, fácil de obter, e muitas pessoas pensam que é legal, ou pelo menos sabem que é bem pouco provável de que serão presas e processadas pelo seu consumo. Os sais de banho vêm em pequenos pacotes com nomes suaves como "Silk Blue", "Bliss", "Vanilla Sky" e "Wave Ivory," e custam apenas 25-60 dólares um pacote.

Os sais de banho podem ser fumados, inalados ou injetados. Os sintomas iniciais são positivos, incluindo o relaxamento, euforia e uma sensação de calor e bem-estar semelhante ao Ecstasy. Mas logo ela manifesta o seu lado obscuro e violento.

Metabolismo acima do normal

Segundo a especialista, nos últimos anos na Flórida também aumentou o consumo de outra substância conhecida como "spice" que, como os "sais de banho", pode causar episódios de psicose grave.

"É um canabinoide sintético, vendido em postos de gasolina como incenso. Se fumado provoca comportamento errático", disse Patricia.

Outro detalhe que levou especialistas a considerar a possibilidade de que Rudy Eugene teria estado sob a influência de alguma droga no momento do crime é que ele estava completamente nu.

Especialistas dizem que isto pode ser devido ao consumo tanto de "sais de banho" como de ecstasy, cocaína ou o chamado Spice, que produz um aumento significativo na temperatura do corpo.

"Quem consome essas drogas tem a sensação de estar queimando por dentro, então se despe, ou tenta se refrescar pulando na água", disse o médico Paul Adams.

"A taxa metabólica vai a 30% acima do normal e geralmente o usuário apresenta sintomas de desidratação", disse o médico.

Por agora, devemos esperar para saber o que levou a Eugene para estrelar um evento que deixou perplexos os norte-americanos. Os resultados dos testes de toxicologia deve ser conhecido dentro de algumas semanas.

Os Sintomas Básicos

  • paranóia extrema
  • elevação da freqüência cardíaca, pressão arterial e pulso
  • temperatura corporal extremamente elevada
  • insônia
  • alucinações constantes
  • hostilidade ou agressão
  • estranhos movimentos oculares
  • suor em excesso
  • ataques de pânico
  • pensamentos suicidas

Estranhamente, apesar dos sintomas listados acima, outro efeito colateral relatado de sais de banho é "um desejo intenso de usar a droga novamente". Em outras palavras, ela é ALTAMENTE VICIANTE. Overdoses de sais de banho pode rapidamente se transformar em situações de emergência por causa da falta de conhecimento sobre a droga. Porque "sais de banho" é um termo coletivo para um monte de ingredientes diferentes, não há nenhum teste para determinar se alguém tomou a droga. A única maneira de saber ao certo é se o usuário admite que é o que eles tomaram.

Sais de Banho e Crime

Os sais de banho são absurdamente fáceis de serem adquiridos em território americano. Eles são vendidos em lojas de acessórios de todo o país e até mesmo por trás dos balcões de muitas lojas de conveniência. Relatos de violência associados a "sais de banho" tem sido confundidos devido ao uso de diferentes nomes para os compostos das drogas. Aqui estão apenas alguns dos episódios relatados em todo o país:

  • Califórnia: Dois rapazes de 15 anos de idade ficaram gravemente enfermos devido ao aparecimento de pequenos buracos em seus pulmões após terem consumido mefedrona, que eles pensavam tratar-se de MDMA. A droga lhes foi vendida apor um estudante de uma faculdade vizinha.
  • Colorado: Uma droga conhecida como Alpha-PVP, um tipo de sal de banho, levou à morte por estrangulamento um jovem quando amigos tentaram contê-lo durante um ataque de violência.
  • Washington: Os investigadores acreditam que um duplo homicídio seguido de suicídio em que um homem matou a esposa e seu filho de cinco anos de idade, depois atirou em si mesmo.
  • Louisiana: Um jovem de 21 anos de idade, residente em Louisiana cortou sua garganta na frente de sua família depois que ele inalou sais de banho, pois acreditava que a polícia estava atrás dele.
  • Pennsylvania: A polícia prendeu um casal, que havia consumido sais de banho, que estava quase cortando a sua filha de apenas 5 anos de idade com uma faca que eles estavam usando para apunhalar as "90 pessoas" que eles acreditavam estarem "vivendo nas paredes" de seu apartamento.
  • Kentucky: um carcereiro, que nos seus dias de folga, costumava usar sais de banho foi citado em 10 diferentes atos de violência até ser demitido do cargo.
  • West Virginia: Um homem, depois de consumir sais de banho, foi encontrado vagando pelas florestas trajando roupas intimas femininas depois de ter esfaqueado e matado a cabra de seu vizinho.
  • Indiana: Um homem cometeu suicídio depois de dizer a sua família por semanas seguidas que o FBI estavam seguindo e assistindo ele comer.
  • Ohio: Um jovem foi morto a tiros depois que ele manteve uma faca no pescoço de sua namorada.
  • Califórnia: Dois suicídios recentes têm sido atribuídos a sais de banho.
  • A Polícia diz que estamos vendo um aumento na violência doméstica e os casos de assalto ligados a sais de banho em todo o País.

Sais de Banho é uma epidemia?

Não, nem perto. A epidemia real de droga chama-se oxicodona, que é agora a segunda maior causa de morte acidental em os EUA, atrás de acidentes de carro.

Mas o que é assustador sobre sais de banho é como a droga parece ter surgido do nada, e quão rápido ela está tomando conta. No ano passado, o número de chamadas para os centros antivenenos sobre sais de banho aumentou em mais de 20 vezes, segundo a Associação Americana de Centros de Controle de Intoxicações, a partir de 304 relatórios em 2010 para 6.138 em 2011. De acordo com o FDA, em 2009 o FDA registrou apenas dois casos. No ano seguinte, havia mais de 300 casos, e no ano passado o número triplicou para mais de 900 casos.

Esse é um número ainda pequeno, com certeza. Mas o público alvo das drogas são crianças e adolescentes , cujos cérebros e sistema nervoso central ainda estão em desenvolvimento. Na verdade, especialistas dizem que as drogas são comercializadas visando diretamente as crianças, com personagens de desenhos animados impressos em pacotes coloridos.

Portanto, temos uma droga que é facilmente disponível, barata, aparencia inocente, e profundamente viciante. Isso com certeza soa como um problema sério de drogas novamente em poucos anos.

Fontes: BBC e Forbes
Compartilhe :

1 comentários:

Anônimo disse...

q nada, já usei mdpv e n é nada de outro mundo.
efeitos parecidos com a ritalina... claro q se usado em doses cavaladas vai ter um efeito negativo

Postar um comentário

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Brasilis Net - All Rights Reserved
Template Modify by Creating Website
Proudly powered by Blogger