Campo de Pouso Aeroespacial

Uma nova era espacial está nascendo no meio do deserto do Novo México (E.U.A.), com a construção do primeiro aeroporto espacial privado, batizado com o nome de Spaceport America, ele poderá marcar, caso consiga provar sua lucratividade, o inicio de uma série de investimentos em projetos semelhantes. Por detrás desta iniciativa, pertencente a companhia area inglesa Virgin Galactic, está o multimilionário Richard Branson, que investiu 300 milhões de dólares no projeto.


A concorrência para a construção do Spaceport America foi vencida pela empresa britânica Foster & Partners, especializada na elaboração e criação de projetos ousados e de vanguarda, especialmente de aeroportos.
A obra toda possui uma área superior a 10.000 metros quadrados e incorpora a tecnologia verde com a utilização de painéis solares para sistemas de refrigeração através de tubos subterraneos, o que o torna auto-suficiente e com um novo paradigma centrado em uma arquitetura sustentável.
Além disso, o Spaceport America possui as condições necessárias para se tornar um novo ícone da integração ambiental. Segundo seus autores, a sua forma dinâmica tenta capturar o drama e o mistério "das viagens espaciais, evocando imagens retro-futurista dos primeiros passos na conquista do espaço. Mas desta vez não é só ficção científica: o Spaceport America deve iniciar suas atividades no ano de 2011.

Entrada do Spaceport

Tamanho Original

Terminal de Embarque

Tamanho Original

Planta descritiva do Terminal

Tamanho Original

A participação da empresa Virgin Galactic neste projeto não aconteceu por acaso. A empresa já possui naves espaciais que podem ser utilizadas neste projeto, a nave White Knight Two e recentemente a Space Ship Two, são capazes de transportar seis passageiros e de atingir 100 km de altitude.

White Knight Two

Tamanho Original

White Knight Two

Tamanho Original

Space Ship Two

Tamanho Original

Cada viagem custará 200 mil dólares que inclui um curso de formação de 3 dias no Spaceport America, um serviço de bar à bordo, alguns minutos à gravidade zero e uma descida de 6 gravidades (6 G) e, segundo a Virgin Galactic, as reservas já são inúmeras e incluem pessoas do mundo todo.


Para os que ainda acham que isto tudo é algo parecido com ficção científica veja este documento em PDF sobre as obras de construção do Spaceport America.

Visite o site oficial do Spaceport America


TAGs: , , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário