10 mistérios com uma explicação lógica.


Nós todos amamos mistérios, é sempre divertido ler sobre novos e excitantes mistérios e tentar descobrir uma solução para eles, também é divertido ouvir sobre os mistérios que não são mistérios mais, ou para ouvir possíveis explicações racionais sobre eles. Esta lista analisa 10 mistérios conhecidos, e tenta explicá-los.


01. Corpos Conservados




Alguns corpos foram mantidos intactos "sem embalsamento ou quaisquer outros meios artificiais", o mais famoso é o de Sta. Bernadette de Lourdes (foto acima), que morreu em 1879. Seu rosto e as mãos são feitas de cera. A cera foi adicionado porque seu rosto estava magro, quando ela foi desenterrada. Outros corpos encontrados intactos desprendem um odor adocicado, semelhante ao formol. Outros ainda foram mantidos intactos devido à forma como eles foram enterrados, em solo alcalino, com falta de oxigênio, bactérias e vermes.


02. Astrologia



A astrologia é a prática de examinar as estrelas e nos dizer sobre o nosso futuro. Não há nenhuma maneira de um monte de estrelas antigas, provavelmente mortas poder nos dizer algo sobre o nosso futuro. As "previsões" são vagas e ambíguas o suficiente para que elas possam ser seriamente aplicadas a qualquer coisa. Por exemplo, "Você vai conhecer alguém novo hoje", encontramos alguém novo todos os dias, na loja, o motorista do ônibus, a qualquer hora do dia você pode conhecer alguém novo. Mas como existe o "fenômeno placebo", o que acaba prevalecendo é o sentimento de fé de cada um.

03. O Santo Sudário



O Santo Sudário ou o "Sudário de Turim" é, supostamente, o pano que foi usado para embrulhar Jesus Cristo após sua morte. O rosto de Jesus foi milagrosamente gravado sobre o pano. Algumas manchas de sangue do tipo AB foram encontradas no tecido. Em primeiro lugar, o sangue do tipo AB foi encontrado na fita que foi usada para coletar as fibras do sudário e não sobre o sudário. Em segundo lugar, poderia ser sangue de alguém que nunca lidou com a mortalha. Por último, sangue velho é seco é preto e as manchas no sudário são vermelhas. Uma das teorias é a de que um modelo masculino foi pintado e envolto na mortalha para criar a figura de Cristo. Pintura avermelhada foi espirrada nos pulsos, pés e por partes do corpo para criar a aparência de sangue. Uma análise do Santo Sudário detectou 2 pigmentos de tinta comumente usada no século 14.

04. Pé Grande (Bigfoot)



Bigfoot seria um animal pré-histórico com a aparência de um macaco. Ele seria alto, peludo e com os pés grandes. Tal como acontece com o monstro de "Loch Ness", há apenas fotografias (muito confusas) e pegadas questionáveis que tentam provar a sua existência. Assim como o monstro de "Loch Ness", não há nenhuma prova real da existência do Bigfoot. Não há fezes, ossos e nem artefatos. Nada, exceto um monte de relatos de "avistamentos". Em última análise, ele é provavelmente uma invenção da imaginação de uns "poucos selvagens".

05. Monstro de Loch Ness



O monstro do lago de Loch Ness, supostamente seria um plesiossauro e seria tudo o que resta do período dos dinossauros. Houve sonar, que viram "algo", fotografias etc, para apoiar a existência do monstro de Loch Ness. O que não tem havido é bom senso comum. A estória do monstro de Loch Ness tem mais de 1500 anos, ou seja, "ele" é um monstro muito antigo. Claro que poderia ter reproduzido, mas isso significaria uma "família de monstros". Com tantos monstros sendo "avistados" ao longo desses anos, como pode não haver uma prova definitiva, tal como uma fotografia bem nítida do monstro? Ou até mesmo uma carcaça? Mas não há nada, exceto uma forte indústria de turismo.

06. Calendário Maia de Contagem Longa



Como as datas da roda calendárica só podem distinguir 18 980 dias, equivalentes a cerca de 52 anos solares, o ciclo se repete aproximadamente uma vez em uma vida, e portanto, um método mais refinado para manter datas era necessário para registrar a história de forma mais precisa. Assim, para manter datas sobre períodos mais longos que 52 anos, os mesoamericanos criaram o calendário da contagem longa.
O nome maia para dia era k'in. Vinte destes k'ins são conhecidos como um winal ou uinal. Dezoito winals fazem um tun. Vinte tuns são conhecidos como k'atun. Vinte k'atuns fazem um b'ak'tun.
O calendário da contagem longa identifica uma data contando o número de dias desde a criação maia, 4 Ahaw, 8 Kumk'u (11 de agosto de 3114 a. C. no calendário gregoriano proléptico ou 6 de setembro no calendário juliano). Mas em vez de usar um esquema de base 10 (decimal), como a numeração ocidental, os dias da contagem longa eram registradas em um esquema de base 20 modificado. Assim, 0.0.0.1.5 é igual a 25, e 0.0.0.2.0 é igual a 40. Como a unidade winal reinicia ao chegar a 18, a contagem longa usa a base 20 consistentemente só se o tun for considerada a unidade primária de medida, não o k'in, com o k'in e winal sendo os números de dias em um tun. A contagem longa 0.0.1.0.0 representa 360 dias, em vez de 400 em uma contagem de base 20 pura.
Existem também quatro ciclos de ordem superior raramente usados: piktun, kalabtun, k'inchiltun, e alautun.
Como as datas da contagem longa não são ambíguas, esta estava particularmente bem adaptada para o uso em monumentos. As inscrições monumentais não só incluíam os cinco dígitos da contagem longa, mas também incluíam os dois caracteres tzolk'in seguidos pelos dois caracteres haab'.
A interpretação incorreta do calendário mesoamericano de contagem longa forma a base de uma crença do movimento Nova Era, de que um cataclismo aconteceria no dia 21 de dezembro de 2012. 21 de dezembro de 2012 é apenas o último dia do 13º b'a'ktun. Não é o final da contagem longa, pois ainda se seguirão os b'a'ktuns 14º a 20º.

07. Triângulo das Bermudas



O Triângulo das Bermudas é uma área triangular no oceano Atlântico, onde uma grande quantidade de navios e aviões deixariam de funcionar, ou desapareceriam, sem deixar vestígios. No entanto, muitos dos navios e aviões que desapareceram sobre o Triângulo das Bermudas não estavam efetivamente dentro do chamado Triângulo das Bermudas. Além disso, a quantidade de desaparecimentos e acidentes não são incomuns para uma área desse tamanho. A história do Triângulo das Bermudas foi desenvolvida devido a histeria e interesse dos autores que querem ver seus livros publicados.

08. Mary Celeste



O veleiro Mary Celeste foi encontrado em alto mar com a mesa repleta de refeição quente e sem nenhuma tripulação à bordo, foram também encontradas estranhas queimaduras circulares no convés - que indicavam abdução alienígena, o navio parecia ter sido abandonado às pressas. Tudo indica que o Capitão, por achar que o navio estava afundando devido a um incêndio à bordo, ordenou que todos abandonassem o navio.

09. Pedras de Ica



As Pedras de Ica são "pedras" que teriam sido "encontradas" em uma caverna no Peru. A localização desta caverna nunca foi revelada. As pedras têm gravuras encrustadas, tais como homens aztecas combatendo dinossauros, peixes extintos, a "cirurgia" de um coração aberto e outras coisas que mostram uma "civilização avançada".
Um fazendeiro preso por vender estas pedras para os turistas admitiu que ele as fabricava. Para obter a aparência antiga, ele diz que deixou as pedras em seu galinheiro e deixou que as galinhas fizessem o resto. Outras pessoas também têm fabricado e vendido as Pedras de Ica. Não há evidências de uma civilização nessa área, nem ruínas, ossos ou qualquer outra coisa.

10. Rosto de Marte





A região de Cydonian em Marte atraiu grande atenção mundial, porque uma das colinas daquela região parecia notavelmente ter sido construída pelo homem. A região foi fotografada em detalhes pela sonda Viking 1, que foi lançado em 1975. Várias imagens foram tomadas pela Viking, incluindo uma tomada em 1976 mostrando que uma das facetas de Cydonian tinha a aparência de uma face humana. Cientistas concluiram que o "rosto" seria algo como um truque de luz e sombra, mas, em seguida, uma segunda imagem também mostrou o rosto de um ângulo diferente.
Isso chamou a atenção de organizações interessadas em inteligência extraterrestre, e alguns apresentadores de talk shows que acreditavam que a cara era de uma civilização marciana perdida. A maioria dos cientistas ainda a acredita que o "rosto" seria apenas uma conseqüência das condições de visualização.
Em 2003, quando a agência espacial Europeia lançou a Mars Express, ela foi capaz de combinar dados de uma câmera de alta resolução e criar uma representação em 3D da "Face de Marte". A imagem mais recente mostra um maciço remanescente, que teria se formado a partir de deslizamentos de terra e uma forma primitiva de detritos, mas sem rosto à vista.


TAGs: ,

0 comentários:

Postar um comentário