Hot!

Últimas

Mais informações para você.

Arquiteturas Futurísticas.


Como a Moderna Arquitetura tem seguido a Revolução Industrial vimos a simplificação das formas, linhas claras e pouco sem enfeites. Agora, olhando para os projetos dos futuros projetos arquitetônicos, podemos ver como a arquitetura moderna evoluiu em muitas maneiras diferentes.

As enormes teias de aranha do Paquistão.



As inundações em partes do Paquistão deixam muitas marcas e dentre elas uma é um pouco incomum. Se você olhar para algumas árvores neste período poderá ver enormes teias cobrindo as árvores. Isto acontece porque as aranhas fogem das inundações para o topo das árvores. E depois de acomodadas elas constroem algumas teias muito loucas, mais parecidas com casulos.

Muitas pessoas se assustam ou ficam com medo devido a paisagem um pouco bizarra que se forma em volta, mas existe o lado positivo nisso tudo, as teias ajudam a capturar os mosquitos transmissores da malária, ou seja, elas funcionam como uma rede natural de proteção para os moradores locais; sabedoria da natureza.





A pontes mais assustadoras do planeta.


Algumas das pontes mais perigosas do mundo são destinadas exclusivamente para caminhadas. São as chamadas pontes suspensas de cabos e você pode encontrar uma grande variedade dessas pontes em países como Índia, Malásia, Filipinas, Nova Zelândia, Paquistão, Nepal, bem como nos interiores de alguns outros países.

Uma ponte pode ser perigosa para uma variedade de razões, por ser muito antiga, estreita, demasiadamente elevada, por cruzar um rio com correntezas muito fortes ou por possuir o seu piso totalmente podre e esburacado.

O que faz uma ponte ser mais ou menos perigosa, independente do estado de conservação, é basicamente a sua finalidade e ultilidade, elas são usadas como vias ou até mesmo a única maneira para os habitantes locais chegarem a sua pequena aldeia ou para que turistas possam chegar a uma cidade maior. Confira!

Detroit, uma cidade que está desaparecendo


Durante muitos anos Detroit era considerada a meca da industria automibilistica mundial e por conta disto a sua imagem sempre esteve associada ao glamour e ao luxo dos automoveis que desfilavam e dominavam as principais cidades deste planeta.

Mas agora Detroit tornou-se uma cidade fantasma. Sua população vem diminuindo paulatimente desde o ano de 1950 até hoje, de 2 milhões de habitantes, restam apenas 700 mil moradores na cidade, a falta de emprego e o aumento da pobreza afastou as famílias da cidade.

Um simples passeio pela cidade e logo nos deparamos com inúmeras casas recem construídas e completamente abandonadas em um claro sinal de decadencia da cidade; algumas ainda encontram-se em um bom estado de conservação e muitas já encontram-se em um processo irreversivel de degradação.

Além de residencias, os sinais da decadencia da cidade podem ser encontrados em inumeros predios, ruas, praças, escritórios, cas de espetáculos, etc...enfim, por todos os cantos da cidade podemos nos deparar com os sinais da debradação da cidade que aos poucos vai se tornando parecida a uma cidade fantasma.

Pitch Lake, um lago de piche natural em Trinidad Tobago.


Em La Brea, perto da costa sudoeste da Ilha Trinidad, em Trinidad e Tobago, se encontra este lago singular, considerado o maior depósito de asfalto liquido do mundo. O Pitch Lake, que cobre cerca de 40 hectáres e tem 80 metros de profundidade, foi descoberto em 1565, pelo marinheiro, pirata, escritor e político inglês sir Walter Raleigh que, bom observador, foi o primeiro a se dar conta da qualidade excepcional do material ali encontrado e o utilizou para consertar seu barco.

Sua superfície, sólida e irregular, suporta facilmente o peso de um caminhão (embora ele possa afundar facilmente depois de certo tempo, já que o material não é completamente sólido). Também não dá pra ficar andando por ele sem olhar atentamente onde pisa, ou o sapato pode ficar grudado.E é comum se assustar com pequenas chamas que surgem espontaneamente devido aos gases metano, propano e etano que o material do lago emana constantemente.

Além de impressionar os turistas que visitam a região (cerca de 20.000 pessoas visitam o lago todos os anos), o Pitch Lake conseguiu chamar a atenção também da comunidade científica internacional. Há pouco tempo atrás descobriu-se a existência de microorganismos capazes de viver sem oxigênio, em um ambiente extremamente tóxico, hostil e quase sem água como esse.

Esses micróbios e bactérias, em sua maioria, tem causado, por sua capacidade de sobreviver entre o enxofre, o ferro o metano e outros metais, entusiasmo na comunidade científica pelas implicações que essa descoberta pode ter na busca de vida em outros planetas.

O asfalto de Pitch Lake possui um enorme valor econômico para Trinidad e Tobago. Cerca de dez milhões de toneladas de safalto foram extraidas do lago desde que a mineração iniciou-se em 1867. O produto refinado é usado pelas indústrias na fabricação de asfalto para pavimentação de rodovias e estradas.

Galeria de Fotos

O mistério das rochas deslizantes do Vale da Morte.


É um grande mistério que ninguém ainda conseguiu explicar: como é que uma pedra, pesando o equivalente a um homem adulto pode se mover sozinha?. Este é o grande mistério destas pedras existentes no Vale da Morte.

Esse fenômeno acontece nos locais conhecidos como Playas no Vale da Morte e Segundo informações do Serviço de Atendimento do Parque Nacional, existem 8 Playas próximas ao Vale da Morte onde ocorre este curioso fenômeno, sendo que o mesmo ocorre com maior intensidade em local conhecido como
Racetrack Playa.

O fenômeno já é conhecido há muitos anos, mas os cientistas ainda não tem uma explicação lógica e/ou a (s) causa (s) que faz com que essas pedras deslizem sozinhas deixando atrás de si rastros nas superfícies por onde passam. Claro que você pode estar pensando: “Fácil....É o vento que move as pedras...”, mas essa não é a resposta, precisaria de um vento muito forte para mover pedras que chegam a pesar algumas centenas de quilos e, apesar da maioria dos movimentos das pedras seguirem a mesma direção dos ventos que sopram na região, os ventos que sopram no local não chegam a atingir esta velocidade.

Uma outra hipótese levantada foi a de que uma fina película de gelo forma-se sobre a superfície da praia e assim, fica mais fácil acreditar na força da ação do vento. Porém, alguns cientistas fizeram experimentos neste sentido e puderam comprovar que esta hipótese também é falsa.

O mais interessante e estanho é que ninguém nunca viu e/ou conseguiu filmar as pedras se movimentando. Encontram se apenas os rastros deixados pelo movimento.

Outro fato curioso é que não existe um padrão na movimentação das pedras, algumas se movem metros por ano, outras apenas alguns centímetros; umas em linha reta, outras fazem curvas. Contudo o mais intrigante é que duas pedras muito próximas não se movem juntas, ou seja, se tiverem duas pedras lado a lado, uma pode ser mover 200 metros em 5 anos e a outra simplesmente permanecer no mesmo lugar.

A natureza dos rastros indica que o movimento se dá quando a superfície da playa está saturada de umidade, mas não profundamente inundada. São marcas efêmeras que não sobrevivem à próxima chuva, embora os rastros mais profundos possam perdurar por alguns anos. A verdade é que este fenômeno continua sendo um dos grandes mistérios da humanidade.

Galeria de fotos