Casas Flutuantes


Quando o assunto é "casa flutuante" a primeira idéia que concebemos são construções erguidas sobre as águas que se assemelham muito as "palafitas" ou a alguma exótica residencia montada sobre o casco de algum barco, balsa ou tambores. Mas o mercado mundial de "residencias flutuantes", principalmente na Europa, encontra-se praticamente consolidado e tornou-se uma opção de moradia cujo número de adeptos tem crescido muito nos grandes centros urbanos, notadamente em Amsterdã, e a sua imagem encontra-se estritamente associada a um modo de vida ecologicamente correto.

01. Watervilla de Omval


Localizado no rio Amstel na cidade de Amsterdã, Holanda e foi concebido pela equipe de arquitetos da Plus31architects. O projeto tem, ao contrário da maioria das casas flutuantes, um design muito contemporâneo, sem perder a aparência característica do barco típico. Os proprietários contam que é muito comum o fato de pessoas baterem na janela de vidro do barco e pedirem para dar uma olhada por dentro.



Hoje em dia na Holanda está ficando cada dia mais popular viver na água e as pessoas que optam por este estilo de vida procuram fugir daquele padrão de construção do tipo "acampamento", muito comum ainda nos dias de hoje, elas querem algo mais conteporâneo e mais sincronizado com o estilo de vida moderno.

O barco possui um piso plano aberto de onde pode se apreciar a vista para a água e o espaço ao ar livre ao máximo. A linha curva distinta da fachada deriva desse conceito de amplo espaço e privacidade, daí a restrição de que o barco não pode ter uma altura superior a três metros acima do nível da água.





A sala de estar e a cozinha aberta estão localizadas à beira-mar, a partir daqui se tem uma vista panorâmica do mundo exterior e você tem acesso direto ao terraço flutuante. Na sequência da sala de estar e a cozinha está o quarto de dormir que encontra-se localizado em um nível divisório que introduz uma via aberta para o chão do barco e, ao mesmo tempo, torna possível a criação de um terraço no lado sul, sem ultrapassar a altura máxima de construção.

As linhas redondas da fachada é realçada com a ajuda de um alumínio brilhante e as paredes brancas e tetos acompanham a curva da fachada criando assim uma transição suave do exterior para o interior.






02. Watervilla Kortenhoef





Um arrojado projeto da empresa holandesa de projetos arquitetônicos Walter Studio, que assina dezenas de projetos de residencias flutuantes em todo o mundo.

A aparência externa deste projeto nos parece ser mais um barco minimalista com um perfil elegante e moderno, com janelas de vidro do chão ao teto e um formato de caixote. Enquanto a sala de jantar, a cozinha e áreas de lazer ficam acima da linha d'água, o quarto, o banheiro e outros espaços mais privados estão na parte submersa deste projeto.




A solução é realmente muito elegante e funcional. Na parte exterior do lote: deixar o gramado liso e cortado de um lado para coincidir com o nível da água no outr lado. Dentro do espaço do edifício: criar três níveis - o fundo como um recuo, o meio como um piso principal e acolhedor e no topo um terraço com uma cobertura relativamente aberta para se poder desfrutar do ar livre. Uma paleta de material elementar modernista de madeira, branco e preto ajuda a unir tudo isso.



03. The Citadel

O Projeto New Water é um projeto referência de gestão, desenvolvimento e aproveitamento dos recursos hídricos desenvolvido na Holanda a partir de 2009, abrangendo uma área de 2,5 km por 500 m aonde o nível da água será mantido artificialmente até mais ou menos a altura do peito, formando uma área de aramazenamento de água para uso emergencial mas que também abrigará diversos projetos, incluindo a construção de 1.200 residências. O primeiro projeto a ser desenvolvido nesta área será o Citadel.

Ecológico e recreativo aonde todas as residências construídas estarão integradas a paisagem de um ambiente temático ligado ao aproveitamento de recursos hídricos.

Com o projeto Citadel o nível de ambição é alto. O complexo será composto por 60 apartamentos de luxo, com amplo estacionamento e enormes terraços. O design em forma fluente do Citadel mostra claramente as infinitas possibilidades de se construir na água.

Com tantas unidades construídas em uma área tão pequena, o complexo habitacional vai conseguir uma densidade de 74 unidades por hectare de água, ou seja, cada residência ocupará em média 136 metros quadrados, deixando mais água aberta em torno da estrutura. Cada unidade terá o seu próprio terraço com jardim, bem como uma vista para o lago.

A água será usada como uma fonte de arrefecimento, sendo bombeada através de tubulações submersas. Como a unidade está rodeada por água, corrosão e manutenção, são questões importantes a considerar. Como resultado, o alumínio será utilizado para a fachada dos apartamentos, devido à sua longa durabilidade e facilidade de manutenção. Os apartamentos serão construídos a partir de módulos pré-fabricados. O Citadel estará localizado em uma superfície rasa, e no futuro numerosos edifícios, conjuntos e residências serão construídos ao lado dele.






04. Aircruise

Projeto conceptivo da empresa Inglesa de Design Seymourpowell, fundada em 1984 por Richard Seymour and Dick Powell e responsável pelo design de milhares de produtos de algumas das grandes empresas transnacionais.

O projeto Aircruise foi apresentado em Londres no dia 03 de fevereiro de 2010 e trata-se de um gigantesco dirigível vertical alimentado por energia solar e projetado para transportar os turistas em alto estilo e luxo.

Originalmente o Aircruise Seymourpowell é a concepção do conceito de um hotel no céu, com baixo número de passageiros e enormes espaços internos incluindo salas de estar, jantar e repouso. O projeto inicial propõe um bar/área de lazer, quatro apartamentos duplex, um alpendre e cinco apartamentos menores.

O conceito agradou a gigante coreana Samsung Construção e Comércio (C & T) que impulsionada por seu interesse em novos materiais para a construção, a contratou a Seymourpowell para refinar a idéia e produzir uma animação computadorizada detalhada da experiência proposta para ilustrar esta abordagem visionária do futuro.












TAGs: , , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário