Home » , , , » As 10 cidades mais perigosas da América.

As 10 cidades mais perigosas da América.

Ed | 14/04/2012 | 05:41

Segundo relatório da polícia federal americana, o FBI, o índice de criminalidade nos EUA mostra uma queda de 5,5% em crimes violentos. Mas algumas partes do País estão piorando consideravelmente, conforme dados publicados no relatório anual referente ao ano de 2011.

Estas são as 10 cidades americanas mais perigosas classificadas por crimes violentos, incluindo assassinato, roubo e agressão violenta, por 100.000 pessoas.

Flint, Michigan

O número de crimes violentos cometidos em Flint aumentou para todas as categorias consideradas para esta lista, entre 2009 e 2010. Talvez, mais notadamente, o número de assassinatos na cidade aumentou de 36 para 53, fazendo a cidade saltar da sétima para o segunda posição de ter a maior taxa de homicídio no País. O número de assaltos aumentou de 1.529 para 1579, uma taxa de 14,6 assaltos por 1.000 habitantes, colocando a cidade no posto de n º 1 para a taxa de assaltos. O chefe de polícia da cidade de Flint, Alvern Bloqueio declarou no final do ano passado, que ele acreditava que a violência da cidade resultou do aumento do tráfico de drogas e de gangues rivais. Flint tem uma renda per capita relativamente baixa de cerca de 27.000 dólares por família. A cidade também tem uma taxa de pobreza de 36,2%.

Detroit

A cidade que mais foi abalada com a crise financeira da era moderna sem dúvida alguma foi Detroit, a Motor City sofreu com as altas taxas de desemprego, aumento da pobreza e da criminalidade. A cidade tem uma das dez maiores taxas de três dos quatro tipos de crime violento identificados pelo FBI. Detroit tem a sexta maior taxa de homicídios do País, a quinta maior taxa de roubo e o segundo maior índice de agressão violenta. Em 2005, ocorreu uma grande reorganização no departamento de políciada da cidade, uma investigação federal identificou ineficiências no sistema.

St. Louis

O crime violento em St. Louis caiu drasticamente entre 2009 e 2010 e tem diminuído desde 2007. Apesar disso, os índices de criminalidade continuam a ser extremamente elevados em comparação com outras cidades americanas. Em 2010, a índice de assassinatos e agressões violentas da cidade foram os dos piores do país. No que diz respeito à criminalidade violenta e não violenta, St. Louis foi classificada como a cidade mais perigosa com base nos dados do FBI divulgados seis meses atrás. Em dezembro de 2010, a taxa de homicídios em St. Louis foi 6,3 vezes maior que a do estado de Missouri. A taxa de homicídio por arma de fogo da cidade para os residentes entre 10 a 19 anos de idade é também o segundo maior do país, atrás apenas de Nova Orleans, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças.

New Haven, Connecticut

New Haven, historicamente, sempre teve a maior taxa de crimes violentos na sua costa leste, um contraste com o condado de Fairfield localizado no seu lado Ocidental e a Universidade de Yale, que está localizada dentro da própria cidade. O número de assassinatos na cidade dobrou no ano passado. New Haven tem a oitava maior taxa de roubos e a quarta maior taxa de assalto dos EUA. O Departamento de Polícia está considerando a adição de câmeras em cada cruzamento em um dos bairros onde os tiroteios são mais frequentes.

Memphis, Tennessee

Memphis tem altas taxas para todos os crimes considerados violentos para o ranking 24/7 Wall St. 's. Ela tem a sexta maior taxa do país. Incidentes com crimes violentos na cidade cairam um pouco menos de 15% entre 2009 e 2010, apesar de tudo. O prefeito de Memphis, AC Wharton atribui esta diminuição à Operação Comunidade Segura, um plano municipal desenvolvido em 2005. O plano consiste em uma série de estratégias destinadas a aumentar a prevenção da criminalidade, através do aumento dos castigos para os criminosos e na eficácia do sistema legal da cidade, através de alterações, tais como expansão dos programas judiciais de modo que eles operam de forma consistente e em plena capacidade.

Oakland, Califórnia

O crime violento em Oakland caiu cerca de 5,5% entre 2009 e 2010, de cerca de 6.800 para 6.260. A cidade, no entanto, tem a décima maior taxa de estupro, a nona taxa de homicídios e a segunda maior taxa de roubos a do país. Em 2010, havia 7,12 roubos para cada 1.000 residentes de Oakland. De acordo com um artigo no jornal San Francisco Chronicle, o prefeito Jean Quan tentou combater arrombamentos e roubos através da criação de programas para manter potenciais infratores fora das ruas, iniciando programas de fim de noite de basquete. É pouco claro se essas políticas têm funcionado.

Little Rock, Arkansas

Little Rock tem uma das maiores taxas de lesão corporal dolosa e estupro no país. De acordo com o tenente Terry Hastings do Departamento de Polícia de Little Rock, citado pela estação local FOX16, em Little Rock o "índice de criminalidade decresceu 12%" em 2010, um percentual que parece estar correto apenas para os crimes não violentos, segundo os dados fornecidos pelo FBI, o índice de crime violento aumentou de 2009 para 2010.

Baltimore

Baltimore teve a oitava maior taxa de crimes violentos per capita em 2010 entre as cidades com 100.000 ou mais habitantes, e a segunda maior da região do Mississippi. O número de crimes violentos caiu ligeiramente no ano passado - de 9.600 para 9.300 -, mas a cidade de Maryland tem alguns dos piores índices de crimes violentos do país. Isso inclui o décimo pior índice de agressões com agravantes e a quarta maior taxa de homicídios do país.

Rockford, Illinois

Rockford apresenta elevados índices de crimes violentos para uma cidade do seu tamanho. A cidade ostenta ainda a quarta maior taxa de lesão corporal dolosa no país, com 10,5 casos para cada 1.000 cidadãos em 2010 e 20 crimes de morte, quase o dobro do número em 2000. Citado pelo Rockford Register Star em 2007, o delegado Dick Meyers declarou que acreditava que a "localização da cidade trabalhou contra ela", Rockford recebe o tráfego dos mercados de drogas de Madison, Chicago e Milwaukee, o que contribui para elevar a taxa de violência da cidade.

Stockton, Califórnia

Com uma taxa de desemprego de 18,4%, Stockton, Califórnia tem um dos maiores índices de desemprego no país. A enorme percentagem de desempregados pode ter contribuído para as elevadas taxas de criminalidade da cidade, que está localizada a 40 quilômetros a leste de Oakland e São Francisco. Stockton foi classificada como uma das cidades mais miseráveis para se viver no país pela revista Forbes em março de 2010 e o crime violento foi uma das principais medidas para esse ranking. Dos 267 municípios com população acima de 100.000 habitantes, Stockton tem o maior número de assassinatos, de 27 por 1.000 pessoas, e o 12 º em assaltos por 1.000 habitantes. No ano passado, reconhecendo os problemas de criminalidade na cidade, o estado deslocou temporariamente centenas de oficiais da Patrulha Rodoviária da Califórnia para ajudar o sobrecarregado departamento de polícia da cidade.

Compartilhe :

0 comentários:

Postar um comentário

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Brasilis Net - All Rights Reserved
Template Modify by Creating Website
Proudly powered by Blogger